Projeto reúne compositoras para gravar single e videoclipe

“Se lança, mana!”: projeto inédito no DF seleciona compositoras para gravar primeiro single e videoclipe


Objetivo é impulsionar a carreira de cinco mulheres que ainda não tiveram oportunidade de entrar no mercado fonográfico. As inscrições gratuitas vão de 1º a 19 de agosto

Não é novidade que as mulheres são minoria no mercado musical brasileiro. Ainda que estejam ocupando cada vez mais espaço, elas correspondem a 16% dos quase 50 mil associados da União Brasileira de Compositores (UBC). Entre os autores, o percentual cai pra metade: 8%.

“Sabemos que o acesso a ferramentas, equipamentos, recursos e a redes de profissionais é estruturalmente dificultado a mulheres artistas, o que fica evidente em um meio majoritariamente masculino”, avalia a compositora Letícia Fialho.

“Grandes compositoras da história da música brasileira ainda hoje são invisibilizadas ou pouco reconhecidas. Somam-se a isso outras questões estruturais, como raça e origem periférica, que tornam ainda mais distante o acesso a recursos básicos para começar a carreira.”

“Se o artista independente precisa enfrentar uma longa e árdua caminhada pra se inserir no mercado, as mulheres enfrentam ainda mais obstáculos nessa jornada”, afirma a percussionista Larissa Umaytá.
Foi pensando nisso que as duas idealizaram o “Se lança, mana!”, um projeto financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal que vai estrear cinco compositoras da cidade no mercado fonográfico brasileiro.

“Nosso propósito é oferecer, gratuitamente, suporte técnico, musical e artístico pra que essa corrida seja um pouco mais tranquila”, diz Larissa.

Com a produção e a direção musical de Umaytá e Letícia Fialho, as compositoras selecionadas vão gravar o primeiro single da carreira e o videoclipe dessa música.

Elas também vão fazer um ensaio fotográfico e receber um portfólio artístico, com o resumo da trajetória musical e do trabalho delas. “É o material básico pra se inscrever em festivais e outros projetos de interesse”, explica a fotógrafa Thaís Mallon, que faz a coordenação audiovisual.

“É um cartão de visita completo. A música, o clipe, as fotos e o portfólio serão a ponte delas com outros profissionais da música.”

POR MAIS MULHERES NA MÚSICA

Segundo a publicação mais recente do relatório “Por elas que fazem a música”, sobre a participação feminina no mercado fonográfico brasileiro, apenas 13 mulheres estão entre os 100 maiores arrecadadores de direitos autorais do país, considerando até os rendimentos que vêm do exterior. O levantamento é feito com base em dados da UBC.

No ano passado, as mulheres receberam 9% de tudo o que foi pago por direitos autorais. O “Se lança, mana!” quer ver esses percentuais aumentar e oferece uma porta de entrada pra que mais mulheres ocupem os espaços de autoria na música.

QUEM PODE PARTICIPAR?

Somente mulheres podem se inscrever. As candidatas não podem ter música ou videoclipe lançados, e precisam ser moradoras do DF – mesmo que tenham nascido ou crescido em outra cidade.

O “Se lança, mana!” é exclusivo para compositoras. Portanto, a música inscrita precisa ser de autoria da candidata. Compositoras da música instrumental também podem participar.

As inscrições, on-line, abrem no dia 1º de agosto e vão até dia 19. O link para o formulário e os critérios de seleção e pontuação serão publicados no Instagram do projeto:  ttps://www.instagram.com/selancamana/.

PARA TODAS

O “Se lança, mana!” não faz diferenciação entre mulheres cis e trans.

Uma das cinco vagas é reservada para mulheres com deficiência. Caso não seja preenchida, ela será revertida pra ampla concorrência.

AS MULHERES À FRENTE

@larissaumayta

Larissa Umaytá é percussionista, educadora e produtora. Cresceu no berço da cultura popular e formou-se na Escola de Choro Raphael Rabello. No “Se lança, mana!” ela é responsável pela produção e pela direção musical.

@leticiafilahoeu

Letícia Fialho é compositora, instrumentista, cantora e arranjadora. Autora de “Corpo e Canção”, que tem mais de 1,5 milhão de plays no Spotify, ela tem quatro álbuns. O mais recente é “Carta de Fogo”, lançado em novembro do ano passado. No projeto, ela também assina a produção e a direção musical.

@thaismallon

Thaís Mallon é fotógrafa com formação em audiovisual. Há cerca de 12 anos, trabalha essencialmente com música, artes e eventos culturais. É ela que vai coordenar a produção audiovisual e fazer os registros fotográficos do “Se lança, mana!”.

SERVIÇO

- Inscrições gratuitas: 1º a 19 de agosto
- Formulário disponível no Instagram do projeto: @selancamana
- Informações: Cláudia Costa (61-99175-2191)

FICHA TÉCNICA

Produção e Direção Musical: Larissa Umaytá e Letícia Fialho
Coordenação Audiovisual: Thaís Mallon
Coordenação de Produção e Assessoria Jurídica: Cláudia Costa
Videomaker: Luiza Garonce
Curadoria: Larissa Umaytá, Letícia Fialho, Thaís Mallon, Cláudia Costa e Luiza Garonce
Direção de Fotografia: Thaís Mallon
Assessoria de Imprensa: Maíra de Deus Brito
Designer Gráfico: Camila Gomes
Social Media/Marketing: Mariana Guedes 
O “Se lança, mana!” é realizado com recursos do FAC, o Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
IESB

نموذج الاتصال