Cepa africana não deve preocupar brasilienses, afirma Governador

Não temos que nos assustar, diz Ibaneis sobre Ômicron

Na terça-feira (30/11), a Secretaria de Saúde do DF informou que está monitorando um viajante procedente da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 27 de novembro, com posterior voo para Brasília

Foto: Elisa Costa/Jornal de Brasília | Elisa Costa e Guilherme Gomes | Redacao@grupojbr.com

Na manhã desta quarta-feira (1º), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), comentou sobre a possibilidade da nova variante da Covid-19 Ômicron estar em Brasília. De acordo com o mandatário, a população não precisa criar pânico ou se preocupar porque as novas cepas vão surgir e os cuidados devem permanecer.

"Não temos que nos assustar. Com a Delta (última variante) todo mundo se assustou e terminou não causando nenhum tipo de prejuízo. Temos que nos vacinar e tomar os cuidados. Vamos enfrentar várias variantes, essa é só uma delas", disse Ibaneis Rocha.

Na terça-feira (30/11), a Secretaria de Saúde do DF informou que está monitorando um viajante procedente da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 27 de novembro, com posterior voo para Brasília. O voo é o mesmo em que estava o outro caso confirmado de covid-19 identificado em São Paulo.

O viajante realizou teste para Sars-Cov-2 no dia 29 de novembro no Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen-DF), o qual apresentou resultado detectável. Trata-se de um homem, da faixa etária entre 40 e 49 anos, que recebeu 3 doses de vacina. O caso permanece assintomático e o viajante está em isolamento domiciliar, desde a chegada à capital

O Lacen-DF já iniciou as análises para sequenciamento genético da amostra, com o objetivo de verificar se trata-se da variante Ômicron. O prazo para conclusão do exame é de quatro dias. O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Distrito Federal (Cievs-DF) permanece monitorando o caso.

Vale lembrar que, até o momento, não há caso confirmado de infecção por covid-19 com a variante Ômicron no Distrito Federal.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
IESB

نموذج الاتصال