Município de Cidade Ocidental dá exemplo de saída da crise para outros municípios do entorno - Alô Brasília

Últimas

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Município de Cidade Ocidental dá exemplo de saída da crise para outros municípios do entorno

Algumas iniciativas criativas tem melhorado a qualidade de vida da população do entorno do Distrito Federal, hoje vamos falar do Serviço de Inspeção Municipal - SIM, criado a dois anos pelo então vereador Fábio Correa de Cidade Ocidental que tem ajudado a população rural daquele município a prosperar e criar emprego e renda para seus munícipes.


O SIM está em atividade há dois anos e desde então, vem atuando na regularização de agroindústrias e fiscalização industrial e sanitária de estabelecimentos que produzem e comercializam produtos de origem animal. 

Sendo a lei de criação de autoria do atual prefeito, Fábio Correa, o SIM tem como finalidade, dentre outras ações, implantar boas práticas de fabricação em agroindústrias; apoiar a comercialização em feiras, eventos e mercados; promover capacitação dos agricultores, comerciantes e técnicos, e ainda promover educação sanitária. 

Vinculado à SubSecretaria de Agricultura, por intermédio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, o SIM tem como objetivo apoiar a implantação de agroindústrias familiares, a regularização e a legalização de fábricas e agroindústrias de produtos de origem animal. 

A Médica Veterinária, Lian Vieira, ressalta que os produtos registrados dão aos consumidores maior confiança em consumi-los, pois assegura que esses produtos estejam em acordo com os padrões higiênico sanitários seguindo os regulamentos técnicos de identidade e qualidade de cada um. Além disso, incentiva os pequenos produtores a saírem da clandestinidade e oferecendo aos consumidores alimentos com qualidade e segurança. 

“A principal atribuição do SIM é à fiscalização dos locais que produzem e transportem produtos de origem animal com o objetivo de promover a boa prática na produção e manipulação de alimentos para que assim possa minimizar ou eliminar os potenciais riscos que a produção ou a manipulação inadequada desses produtos e serviços posam causar ao consumidor, reduzindo assim a incidência de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs) que em sua maioria são infecções causadas por bactérias e suas toxinas, vírus e parasitas.” Segundo a veterinária Lian Vieira. 

A regularização junto ao órgão possibilita aos estabelecimentos o acesso a políticas públicas desenvolvidas pelo governo, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). 

Um grande exemplo do sucesso dessa iniciativa, são as agro indústrias que vem surgindo no Município, podemos citar a agroindústria classificada em unidade de beneficiamento de leite e derivados, com produção de queijos tipo frescal e tipo mussarela, registrada e apta à comercialização; e outra em fase final de regularização classificada como unidade de beneficiamento de carne e produtos cárneos com produção de linguiças de carnes de suíno e frango.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alô Goiás

Blog do PAULO MELO

Alô Brasília

Melhores da semana

Destaque

Telescópio da Nasa detecta OVNIs na órbita da terra

Nasa detecta 150 ‘objetos voadores não identificados’ na órbita terrestre Uma câmera instalada na Estação Espacial Internacional (ISS, na si...

Campanha contra a Dengue