Nova lista de atividades essenciais deve ser publicada hoje no DOU - Alô Brasília

Últimas

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Nova lista de atividades essenciais deve ser publicada hoje no DOU

Bolsonaro inclui academias e salões de beleza em lista de atividades essenciais



O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (11) em Brasília que incluiu academias e salões de beleza na lista de atividades essenciais -- ou seja, aquelas que podem funcionar durante a pandemia do novo coronavírus. Até o começo da noite, a medida ainda não havia sido publicada no Diário Oficial da União.

"Eu coloquei hoje, porque saúde é vida. Academias, salão de beleza, cabeleireiro também. Porque isso aí é higiene, é vida", disse. "Essas três categorias juntas, dá mais de 1 milhão de empregos."

Segundo Bolsonaro, o governo vai aguardar "o que acontece nessas de hoje" para decidir sobre uma eventual ampliação da lista de atividades essenciais. 

Sem citar nomes, Bolsonaro também reiterou críticas a governadores que têm imposto restrições à reabertura da economia como forma de conter a pandemia. 

"Eu estou vendo muitos prefeitos reclamando que querem botar suas cidades para trabalhar, e o respectivo governador não deixa. Tem cidade que não tem um caso do vírus, e está quase completamente fechada", afirmou. 

Bolsonaro lembrou que o STF (Supremo Tribunal Federal) deu a estados e municípios o poder de decidir que atividades podem ou não funcionar. 

O presidente voltou a defender que o combate à Covid-19 e a recuperação da atividade econômica devem ser tratadas de forma paralela, com o objetivo de conter uma escalada de desemprego. 

"Cada percentual que se aumenta no número de desempregados no Brasil, a violência cresce também", disse

Um comentário:

Blog do Poliglota

Alô Goiás

Blog do PAULO MELO

Alô Brasília

Coluna do PM

Blog do Aderivaldo Cardoso

BLOG DO HALK

Melhores da semana

Destaque

Resolução permite suspender pagamento do Fies

MEC publica resolução que permite suspender pagamento de parcela do Fies Contratos vigentes poderão ter até quatro parcelas suspensas durant...