Veja vídeo: GDF vai comprar alimentos de pequenos agricultores e distribuí-los à pop... - Alô Brasília

Últimas

sexta-feira, 20 de março de 2020

Veja vídeo: GDF vai comprar alimentos de pequenos agricultores e distribuí-los à pop...

GDF vai comprar alimentos e distribuí-los à população carente

Verduras e legumes serão entregues nos restaurantes comunitários e também em creches e asilos





Em mais uma iniciativa para combater a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), o Governo do Distrito Federal vai comprar alimentos de pequenos agricultores e distribuí-los à população. A entrega será feita de duas formas: para a população mais carente, nos restaurantes comunitários do DF, e também na rede de atendimento social, como creches e asilos cadastrados junto ao governo local.
O acordo foi fechado nesta quinta-feira (19) entre o governador Ibaneis Rocha e o secretário de Agricultura, Luciano Mendes da Silva. A partir da próxima segunda-feira (23), os produtores e agricultores devem procurar os escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater/DF) e a Secretaria de Agricultura para iniciarem o processo legal e obter mais informações.
A medida é um reforço ao Programa de Aquisição da Produção da Agricultura (Papa/DF)​, que viabiliza a aquisição direta pelo GDF de alimentos e produtos artesanais de agricultores familiares e suas organizações sociais do setor agrícola. O GDF resolveu reforçar a compra de pequenos produtores para evitar que os mesmos tenham grandes prejuízos uma vez que as feiras livres foram fechadas, via decreto, para evitar a contaminação do novo coronavírus.
“Estamos disponibilizando recursos para a Secretaria de Agricultura, juntamente da Emater e da Ceasa, que vão comprar esses alimentos e produtos e faremos uma grande distribuição para a população mais carente do DF. Seja nos restaurantes comunitários, onde será entregue um kit com verdura e legumes, mas também nas creches e asilos”, explica o governador Ibaneis Rocha.
De acordo com o governador, a ação é para que a população possa “nesse momento de crise nos ajudar empenhando os esforços para sair logo logo da crise provocada pelo vírus”. Ainda de acordo com o chefe do Executivo, a rede atacadista ficará aberta para não haver desabastecimento na cidade. “Não é momento de desespero. O momento é de acalmar a população para vencermos, juntos, essa guerra”, reforça.
“Trouxemos a demanda para o governador, que prontamente nos atendeu no sentido de que a gente pudesse estabelecer esse programa de forma rápida e adquirir parte da produção desses produtores. No DF temos uma lei própria que trata da aquisição dos produtos agrícolas, o Papa. Vamos adquirir essa produção e encaminhar a quem precisa”, acrescenta Luciano Mendes da Silva.
O programa Papa fortalece ainda mais o campo, pois abre o mercado governamental local para a comercialização de seus produtos, contribuindo para a geração de empregos na propriedade e renda para a família. Nesse momento de solidariedade, o reforço é bem-vindo para combater o vírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog do Poliglota

Alô Goiás

Blog do PAULO MELO

Alô Brasília

Coluna do PM

Blog do Aderivaldo Cardoso

BLOG DO HALK

Melhores da semana

Destaque

Resolução permite suspender pagamento do Fies

MEC publica resolução que permite suspender pagamento de parcela do Fies Contratos vigentes poderão ter até quatro parcelas suspensas durant...