Jornada da incubadora Hackacity Guará começa dia 19

O Mutirão Cidade Inteligente capacita startups e games que podem redesenhar o futuro do Guará



O Guará tem demonstrado ser terreno fértil à inovação e, há pelo menos 3 anos, a iniciativa Hackacity Guará tem discutido formas de torná-lo mais inteligente, humano e sustentável. Foram inúmeros encontros, virtuais e presenciais, entre a comunidade e especialistas, para discutir como tornar a cidade ainda melhor, num esforço comunitário para demandar e incentivar processos inovadores que têm dado frutos.

 

Recentemente, por exemplo, o Guará foi a primeira cidade do Distrito Federal a substituir as carroças tradicionais, geralmente puxadas por cavalos, por tuk tuks elétricos. Mas isso é só a ponta do iceberg. Longe dos holofotes, há uma revolução acontecendo dentro das casas e apartamentos, em pequenas empresas e escolas. São nesses lugares que estão os criadores de startups e de games, que desenvolvem soluções inusitadas e tecnológicas para problemas reais da sociedade. Para ajudar estas ideias a se desenvolverem foi criada a Incubadora Hackacity Guará.

 

O que é uma startup?

 

Uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza. Ou seja, são pessoas com uma ideia, uma solução ou um produto, capaz de ser replicado e crescer mesmo em condições desfavoráveis e difíceis de prever. Algo que possa se tornar uma solução viável para problemas do dia-a-dia ou mudar a forma de realizar uma ação cotidiana.

 

Muitas startups são empresas em sua fase embrionária, muitas delas apenas ideias, sem certeza se conseguem ganhar dinheiro ou mesmo se estabelecer no mercado. Elas podem atuar em qualquer área ou nicho e, normalmente, utilizam a tecnologia como meio para suas operações.

 

Para sair do estágio embrionário, as startups precisam ser incubadas em um ambiente seguro e fértil, onde possam se desenvolver até estarem prontas para caminhar com as próprias pernas. Incubadoras de startups são programas que ajudam empresas com modelos de negócio inovadores a alcançarem o sucesso, seja fornecendo treinamentos, mentorias, uma rede de contatos ou experiências. As incubadoras possibilitam que as startups amadureçam antes de alçar voos mais altos, evitando os erros mais comuns praticados por novos empreendedores. 


 


Incubadora Hackacity Guará

 

O Hackacity Guará é executado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese), com fomento da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), por meio de emenda parlamentar do deputado Rodrigo Delmasso, e apoio da Administração do Guará e do Sebrae-DF. Foram selecionadas para participar da Incubadora Hackacity Guará startups e games idealizados no Guará, que já participaram de editais anteriores, como o StartBSB 2021 e Programa Centelha 2022. “O objetivo é preparar melhor estas startups para os próximos editais de fomento e aumentar a taxa de iniciativas bem sucedidas no Guará em um futuro próximo. Garantido que a cidade continue a ser um celeiro de inovação”, explica Leonardo de Ávila, presidente do Codese.

 

“Serão realizadas mentorias onde aprender com aqueles que passaram por experiências semelhantes pode ajudá-lo a encontrar atalhos no caminho e também mostrar o que você não consegue ver. Trazemos mentores de mercado e do governo para esclarecimentos e desenvolvimento de raciocínio para o problema em questão do projeto acelerado”, conta Cristiane Pereira, gestora do Hackacity Guará, envolvida com projetos e ações de gestão, cidade inteligente, segurança da informação, inovação e tecnologia da informação e vice-presidente de Apoio e Fomento à Startups Brasileiras do Instituto Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas.

 

Quem coordena a metodologia da Incubadora Hackacity Guará é Juliana Martinelli, considerada uma das jovens mais promissoras do Brasil pela Forbes Under 30 e parte da comissão de jovens empreendedores do BRICS. Juliana é fundadora da InovaHouse3D e coordenadora Nacional de Engenharia e Inovação na Cruz Vermelha Brasileira. Para cuidar da relação com a comunidade foi escalado Roberto Júnior, fundador da Conectas e diretor de Impacto no Global Shapers Brasília. Completa a equipe o consultor Alexandre Nasiasene, designer de serviços, conceito de negócios, produtos, estratégia, inovação e processos utilizando metodologias envolvendo pesquisa centrada no cliente, colaboração visual e prototipação UX/UI.

 

A jornada da Incubadora Hackacity Guará começa no dia 19 de julho, com um meetup para apresentar as startups e os mentores, no restaurante Sauz, na QE 15 do Guará. A partir deste dia, encontros periódicos, virtuais e presenciais, culminarão, no fim de 2022, com um grupo de ideias inovadoras, pensadas no Guará, mais preparado para buscar editais de fomento e para o mercado.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
IESB

نموذج الاتصال