GDF cria o cartão segurança pública

 Criado o cartão da segurança pública, por intermédio de Hermeto


Benefício vai permitir que quartéis da polícia e dos bombeiros passem por reparos, visando maior qualidade de vida dos profissionais 

 

Em 2021, o deputado distrital Hermeto (MDB) apresentou um projeto em que era instituído o Programa de Descentralização de Ações Militares (PDAM) do Distrito Federal, o PL 2115/2021. A iniciativa visava uma ajuda aos militares, para que pequenas reformas pudessem ser realizadas nos quartéis, com o objetivo de garantir melhor qualidade de vida aos profissionais. 

 

No entanto, o projeto até então não foi votado, mas a vontade de Hermeto em batalhar pela segurança pública nunca parou, visto que sempre esteve articulando com o governador IbaneisRocha (MDB) em prol de melhorias, como as 9.648 promoções que ocorreram de 2019 até abril deste ano. 

 

Assim, por intermédio do deputado, que entende que a demanda é antiga, o chefe do executivo local, na última quinta-feira (26), criou, via decreto, o cartão da segurança pública, mediante o qual os quartéis da polícia e dos bombeiros poderão gastar entre 35 e 70 mil reais para que os reparos sejam feitos. 

 

Hermeto entende o ato como uma grande conquista. “É uma vitória, porque assim como as escolas têm o PDAF, e os diretores utilizam muito bem isso, nós também vamos ter agora na Polícia Militar. É um avanço”, disse. 

 

O Comandante Geral da PMDF, Coronel Fábio Augusto, fala da importância do benefício. “Esse cartão vai permitir que a gente faça pequenos consertos que hoje a burocracia impede que sejam feitos e desse modo a gente evita que o nosso policial passe por muitas dificuldades de infraestrutura”, pontuou.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
IESB

نموذج الاتصال