Projeto Pró-Futevôlei é protocolado na Câmara Legislativa por iniciativa do deputado Delmasso

A ação tornará o esporte um agente integrador, que levará cidadania e proteção social às populações mais carentes de Brasília

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), protocolou um projeto de lei que cria o Pró-Futvôlei, iniciativa que vai valorizar o esporte no Distrito Federal e incentivar a prática em todas as regiões administrativas.

Para Delmasso, o esporte é um meio fundamental na promoção da cidadania e no oferecimento de oportunidades à população de Brasília: "a iniciativa do Pró-Futevôlei pretende atender a população que está em situação de risco social através de ações esportivas, educacionais, culturais e lazer para a população do Distrito Federal", disse.

O projeto de lei, se aprovado, cria o Plano Anual de Desenvolvimento do Futevôlei no Distrito Federal. Com este instrumento legal, o esporte receberá recursos para o seu pleno funcionamento nas regiões. Os recursos serão destinados à formação de atletas, apoio às equipes já existentes, a realização de campeonatos, o apoio a projetos sociais e a formação de árbitros e novos professores do esporte.

"Acreditamos que através do esporte bem direcionado na comunidade conseguiremos criar ambientes favoráveis para combater a criminalidade e o uso das drogas, dificuldades nos estudos, brigas familiares, violência, tendo como objetivo o desenvolvimento integral do indivíduo utilizando a formação esportiva como ferramenta", afirma Delmasso.

Os benefícios da iniciativa Pró-Vôlei são diversos. A promoção da cidadania, o esporte como agente integrador e agregador na vida das pessoas, o incentivo à prática esportiva, o alcance às comunidades carentes por meio da formação de novos atletas, dentre várias outras vantagens.

O Futevôlei é um esporte praticado apenas com os membros inferiores, ombros, cabeça, peito e costas. É muito praticado em Brasília, em especial no Parque da Cidade, local que dispõe de mais espaços próprios para o esporte. Com o projeto de lei aprovado, será possível levá-lo às demais regiões administrativas e expandir a prática esportiva.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال