Grande Exposição do artista plástico mirim João Elyo Castro

ESMPU promove exposição do artista plástico mirim João Elyo Castro

Vernissage será em 23 de novembro, das 15h às 19h. Artista, que começou a pintar há três anos, foi convidado para participar de exposição no Museu do Louvre, em Paris em 2022

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) traz para Brasília a exposição Color Pluviae, do artista plástico piauiense João Elyo Castro, 12. Autodidata e ambidestro, ele produz obras no estilo expressionista abstrato e geométrico. A vernissage será em 23 de novembro, das 15h às 19h, na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília, e contará com a presença do artista. Conheça a história e o trabalho de João Elyo.

A exposição tem por objetivo unir a atividade acadêmica, a arte e a cultura, de maneira a levar o visitante a compreender que há várias formas de se discutir e analisar a realidade. O trabalho de João Elyo expressa o seu cotidiano e os seus sentimentos diante dos desafios enfrentados por ser uma criança com síndrome de Down. A iniciativa faz parte do projeto Respeito e Diversidade, uma parceria entre a ESMPU, o Ministério Público Federal (MPF) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

A exposição ficará aberta à visitação até 10 de dezembro, com respeito às medidas sanitárias necessárias diante da pandemia de Covid-19, como distanciamento social, uso de máscara, aferição de temperatura. Também será exigida a apresentação de comprovante de vacinação, conforme a Portaria PGR/MPU n. 110, de 28 de outubro de 2021.

Color Pluviae – O nome da exposição, Color Pluviae, refere-se a uma expressão latina que significa "a cor da chuva" e remete à forte conexão do artista com os elementos da natureza, fontes de inspiração para as suas criações. O artista trará para Brasília dez obras.

Museu do Louvre – João Elyo foi convidado para apresentar o seu trabalho na exposição "Le carrousel do Louvre", uma mostra internacional de arte contemporânea no Museu do Louvre, Paris, em abril de 2022. A família faz uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar o custeio das passagens, documentos e estadia.

Projeto Respeito e Diversidade – Promovido pela ESMPU, MPF e CNMP, o projeto tem como objetivo desenvolver ações interinstitucionais que contribuam na construção de uma sociedade livre e democrática, reafirmando o papel do Ministério Público como instituição indutora e promotora da defesa dos direitos humanos e da disseminação de uma cultura social inclusiva.

Postar um comentário

0 Comentários