BRASIL | POLÍCIA - CASO LÁZARO: "MORTO, PRESO ou SE ENTREGARÁ? Família teme pela vida dele, diz ex-patrão de Lázaro, serial killer do DF.

Advogado afirma que familiares de homem apontado como assassino em série quer que ele se entregue para não ser morto

REPRODUÇÃO/ RECORD TV

A família de Lázaro Barbosa, de 32 anos, apontado como serial killer do Distrito Federal, procurou nesta semana o advogado e fazendeiro Wesley Lacerda, a fim de tentar localizar o homem que está fugindo da polícia há 16 dias e convencê-lo de se entregar, temendo que ele possa ser morto durante a caçada.

A advogado foi procurado porque a mãe de Lázaro já trabalhou na fazenda dele e, por um período de pouco menos de um mês, o próprio foragido chegou a prestar serviço de limpeza da área onde Lacerda cria gados, e demonstrou exercer "um excelente trabalhado rural".

Por conhecer Lázaro e a família, o advogado aceitou tentar localizar o acusado. Em um primeiro momento, Lacerda colocou créditos nos dois números de celular que podem estar com Lázaro, e enviou mensagens de texto pedindo para que entre em contato. 

O advogado também deu um entrevista ao Balanço Geral DF, pedindo para que Lázaro entrasse em contrato ou se entregasse à polícia. Segundo Lacerda, o objetivo da família é fazer com que o homem seja preso e possa responder pelos crimes atribuídos a ele. "A mãe, a mulher e a filha só não querem que ele seja morto".

Segundo o advogado, ninguém sabe exatamente onde o Lázaro está. O último contato que ele teve com a família foi pouco depois da morte da família Vidal, em 9 de junho, mas sem que o nome dele estivesse apontado como responsável pelo crime.

 EDIÇÃOREDAÇÃO ALÔ BRASÍLIA

*FIQUE LIGADO NAS NOTÍCIAS!*

Cadastre-se no site para receber um compilado das nossas notícias do dia!

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES E INSCREVA-SE PARA RECEBER DIARIAMENTE OS NOSSOS CONTEÚDOS E NOTÍCIAS.*

 🇧🇷*Facebook* - https://web.facebook.com/alobrasiliaportal

 🇧🇷*Instagram* - https://www.instagram.com/alo_brasilia/

Postar um comentário

0 Comentários