DF inicia tratativas para trazer da Rússia a vacina contra Covid-19 - Alô Brasília

Últimas

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

DF inicia tratativas para trazer da Rússia a vacina contra Covid-19


As tratativas começaram nesta quinta-feira (27/8), durante encontro na embaixada do país euro-asiático

Foto: Rogério Lopes. 

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, o vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos-DF), e o deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) se reuniram com o embaixador russo Sergey Akopov nesta quinta-feira (27/8). Os representantes do Executivo e do Legislativo locais manifestaram a intenção de fechar acordo com o país euro-asiático para trazer ao Brasil a vacina contra a Covid-19.


Também participaram do encontro o presidente e a vice-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), respectivamente, Sergio Costa e Emanuela Ferraz.


O secretário de Saúde e os representantes do Iges-DF vão repassar ao governador Ibaneis Rocha (MDB) as informações sobre o encontro. Com autorização do titular do Palácio do Buriti, o governo local pode formalizar protocolo de intenções com a Rússia.



Foto: Rogério Lopes. 

Para Delmasso, o DF tem todas as condições necessárias para a produção da vacina. “Venho sugerir um acordo de transferência de tecnologia com o Governo Russo com o objetivo de produzir a vacina contra a Covid-19, ‘anunciada pelo Presidente da Rússia, Vladimir Vladimirovitch Putin’, para imunizar a população do Distrito Federal”, comentou.


Foto: Rogério Lopes. 

“Vim para falarmos específica e tecnicamente do conhecimento e de quanto a gente pode estar oferecendo pela Secretaria de Saúde para o Distrito Federal, por meio de investimento tecnológico, e trazer à população do Distrito Federal em relação ao novo coronavírus”, disse Okumoto.

Foto: Rogério Lopes. 

Julio Cesar defendeu a parceria para trazer a vacina russa à capital da República. “É muito importante porque temos uma multidão de gente que anseia por uma solução mais rápida. Estamos trabalhando em prol de que isso aconteça o mais brevemente possível”, pontuou.

Foto: Rogério Lopes. 


Segundo o presidente do Iges-DF, o instituto tem a capacidade de contribuir com o desenvolvimento da vacina russa. “Os eixos do Iges-DF são inovação, ensino e pesquisa. Temos excelentes pesquisadores da comunidade”, frisou Sergio Costa.



Delmasso também afirmou que o encontro ocorreu para abrir o diálogo com o país estrangeiro e iniciar o processo de assinatura do memorando de intenções para participar dos testes e até mesmo da fabricação das vacinas. “Brasília já está fazendo parte dos testes com a China, e a nossa ideia é ampliar”, assinalou o vice-presidente da CLDF.

O secretário salientou que tem condições de oferecer boa assistência à população por ter uma equipe consistente e conhecer o funcionamento da pasta na qual ficou por 15 meses.

Sobre a pandemia, Okumoto assinalou que domina o trabalho que envolve vigilância em saúde. “Toquei quatro epidemias dentro do Ministério da Saúde: sarampo; febre amarela; raiva, no Pará; e toxoplasmose, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul”, afirmou.
Primeira do mundo

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou a vacina contra o novo coronavírus no último dia 11. É a primeira do mundo. A informação causou estranheza na comunidade acadêmica por falta de dados à época.

O chefe do Fundo Soberano da Rússia, Kirill Dmitriev, disse, nessa quarta-feira (26/8), que a fase 3 dos testes em humanos vai começar na próxima semana e 40 mil pessoas vão participar. A declaração foi dada em audiência da comissão externa da Câmara dos Deputados.

O governo do Paraná já adiantou parceria com a Rússia para fechar acordo e fazer os testes da fase 3 com brasileiros e produzir a vacina.


Com informações de Isadora Teixeira da Coluna Grande Angular do Portal Metrópoles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alô Goiás

Blog do PAULO MELO

Alô Brasília

Melhores da semana

Destaque

Pedalinhos do Parque da Cidade estão de volta

Pedalinho do Parque da Cidade será reativado após décadas de abandono   Revitalização do espaço, que marcou gerações de brasilienses, será l...

Campanha contra a Dengue