Casa do povo reforça orçamento para campanhas de utilidade pública - Alô Brasília

Últimas

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Casa do povo reforça orçamento para campanhas de utilidade pública


Distritais que votaram favoravelmente à proposta, comprometeram-se a fiscalizar a execução do contrato por parte do Poder Executivo



Em sessão extraordinária remota, nesta terça-feira (31), a Câmara Legislativa aprovou a abertura de crédito suplementar à Lei Orçamentária Anual do Distrito Federal no valor de R$ 63,7 milhões (PL nº 1.030/2020). Proposto pelo Poder Executivo, o projeto tem como objetivo reforçar a publicidade de utilidade pública. Em meio à pandemia do vírus Covid -19, a proposta dividiu opiniões entre parlamentares.

"O governo tem de investir em informação: informar a população para conter a disseminação do coronavírus e, principalmente, os mais carentes, para que saibam onde procurar ajuda para se manterem nesse tempo de crise", defendeu Rodrigo Delmasso (Republicanos). O deputado ainda destacou ser importante impulsionar a "batalha da comunicação contra as fake news".

O deputado Jorge Vianna (Avante) defendeu a suplementação de recursos para informar a população. "Não é só coronavírus. Chegando a seca, várias outras doenças vão atacar. Temos muitas campanhas a fazer: gripe, H1N1, asma. E isso é responsabilidade do Estado. Não é só outdoor, é jornal, é cartilha, é comunicação". Na opinião do parlamentar, o governador Ibaneis Rocha tem sido um bom executor do orçamento. "Com a aprovação dos recursos, nós, como fiscais, acompanharemos a execução", concluiu.

"Esse é um debate muito interessante. A publicidade, certamente, irá escutar profissionais da área para bem informar, e as campanhas precisam de aporte vigoroso", defendeu o líder do governo na Casa, deputado Cláudio Abrantes (PDT). O parlamentar também argumentou ser preciso combater a desinformação, "causada, inclusive, pelo próprio presidente da República".

O texto do Executivo foi aprovado em dois turnos e redação final e segue para sanção. Dos 21 votos em segundo turno, três foram contrários, dos deputados Leandro Grass, Júlia Lucy e Professor Reginaldo Veras (PDT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog do Poliglota

Alô Goiás

Blog do PAULO MELO

Alô Brasília

Coluna do PM

Blog do Aderivaldo Cardoso

BLOG DO HALK

Melhores da semana

Destaque

Deputado quer nomeação de administradores aprovados em concurso

Delmasso pede a nomeação de administradores aprovados no concurso da secretaria de Saúde e de Economia São 884 aprovados no concurso de 2018...