Ministério da Defesa ativa Centro de Operações Conjuntas

Ministério da Defesa ativa Centro de Operações Conjuntas para ações de combate ao Coronavírus

As Forças Armadas permanecerão em condições de disponibilizar recursos operacionais e logísticos quando se fizerem necessários para apoiar as ações. em todo o País
Os militares poderão atuar no controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos, e das fronteiras Foto: Foto: Alexandre Manfrim /MD
Ministério da Defesa ativou, na última sexta-feira (20), o Centro de Operações Conjuntas para atuar na coordenação e planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao Coronavírus (Covid-19). Foram ativados também dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente.
As Forças Armadas permanecerão em condições de disponibilizar recursos operacionais e logísticos quando se fizerem necessários para apoiar as ações.
Os militares poderão ser empregados no apoio às ações federais, no controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos, e no controle de acesso das fronteiras. Unidades militares especializadas em Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) poderão ser empregadas para descontaminação de pessoal, ambientes e materiais.

Além disso, Marinha, Exército e Aeronáutica poderão apoiar as triagens de pessoas com suspeita de infecção para encaminhamento a hospitais. Poderão ser instalados hospitais de campanha. Devido à possibilidade de elevada demanda e da limitada disponibilidade e capacidade desses meios, o apoio dos hospitais de campanha será avaliado com especial cuidado. Relembra-se que os hospitais foram concebidos para emprego em operações militares e operações humanitárias, possuindo, portanto, baixa capacidade de leitos, devendo ser adaptados às condições da presente pandemia.
O Ministério tem recebido diversas demandas de apoio de órgãos estaduais, municipais e outros. Tais demandas estão sendo direcionadas aos Comandos Conjuntos responsáveis pelos locais demandados, para avaliar a possibilidade de atendimento.

Postar um comentário

0 Comentários