Mulher abandona cão em residência e síndico encontra cão falecido por fome e sede

Abandonado por sua dona à mercê da morte em um cômodo fechado de um apartamento em Praia Grande (SP), um filhote foi encontrado morto pelo síndico do prédio na última quarta-feira

De acordo com ele, o cachorro ficou intencionalmente preso em um dos quartos por duas semanas, até morrer por inanição (fome e sede).

O prédio fica na região da Cidade Ocian. Segundo um dos responsáveis pelo edifício, que preferiu não se identificar, a dona do animal tem cerca de 21 anos e vivia no imóvel alugado.

"Já tem um tempo que ela não aparece no prédio, cerca de duas semanas. Moradores sentiram um cheiro forte e perceberam muitas baratas no corredor. Contatamos a Polícia Militar, que informou haver um cachorro morto na lavanderia e que o apartamento estava todo revirado", relata.

"O pote de comida dele estava vazio, mas havia um saco de ração cheio na sala, porém não tinha como ele ir até o local. Morreu de fome", explica o administrador.

Ainda, de acordo com ele, o porteiro informou que a mulher esteve no prédio há cerca de 20 dias para pegar alguns pertences. "Nas redes sociais ela fez postagens há dois dias. No apartamento está tudo em decomposição, uma bagunça. Triste essa situação. Muito cruel fazer isso com o animal", finaliza.

Segundo a Polícia Civil, o boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Sede da cidade na noite desta terça-feira (2). Além disso, foi solicitado pelo delegado de plantão que fosse realizada perícia no local.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: J1 Diário

Postar um comentário

0 Comentários